Tempos difíceis, de Charles Dickens

 
“O que eu quero agora são Fatos. Ensine a essa turma de meninos e meninas nada mais do que Fatos. Tão somente de Fatos a vida necessita. Plante apenas isso, e colha todas as outras coisas. A formação da mente de seres pensantes deve ser pautada apenas por Fatos: nada mais terá para eles qualquer serventia. Esse é o princípio pelo qual eu norteio a educação de meus filhos e também a dessas crianças. Atenha-se aos Fatos, senhor!”
 
Esse é o início da obra de Charles Dickens, Tempos Difíceis. Essa é uma cena onde um dos protagonistas está numa sala de aula e revela, como diretor da escola, como devem ser ensinados os seus alunos, apenas através de fatos, abandonando por completo a fantasia e imaginação, vivendo sem sonhos e emoções. O livro avança com os dois pensamentos se contrapondo, e conforme o romance se desenrola, percebemos que sem sonhos nem sentimentos, sem diversão nem fantasia, viver pode ser tornar muito penoso. E como os filhos do protagonista foram criados através de apenas fatos, conforme o romance avança percebemos o grande erro que foi a educação que tiveram.
 
É uma ótima leitura!
 
A imagem pode conter: José Carlos Perini, área interna
 
 
 
 

Sobre perini

José Carlos Perini publicou 70 posts no seu blog.

Professor universitário Faculdade Metrocamp e People Computação Oracle Certified Professional, Java SE 6 Programmer

You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply